Pastores Wagner e Gleice
Temas genuinamente evangélicos

A Salvação (Parte II) – Uma mensagem com o Pr. Wagner – A religião torna aparente o nosso relacionamento com Deus !!!

IMAG2972“E, indo no caminho, aconteceu que, chegando perto de Damasco, subitamente o cercou um resplendor de luz no céu.

       E, caindo em terra, ouviu uma voz que lhe dizia: Saulo, Saulo, por que me persegues.

       E ele disse: Quem és, Senhor? E disse o Senhor: Eu sou Jesus, a quem tu persegues. Duro é para ti recalcitrar contra os aguilhões.”

Atos 9 . 3 ao 5

 

         As religiões têm sido um dos caminhos mais perfeitos para a  atuação de Satanás. Enganada por doutrinas e falsos ensinamentos, a humanidade tem se distanciado da Presença de Deus. A sua ignorância acerca da Verdade e a sua Soberba fazem-na acreditar estar caminhando na direção certa. E apesar dos pesares sofridos por ela, os achismos” e ou  “sofismas” têm sido os norteadores de seus passos.

         Os caminhos propostos pelas religiões são muitos e todos eles nos desviam do verdadeiro caminho que é Jesus Cristo. Está escrito em João 14 . 6 que Jesus é o único caminho proposto por Deus para termos comunhão com Ele e que não existe outro.“Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vem ao Pai senão por mim.”Satanás através de sua grande mentira de que todos os caminhos nos levam a Deus, por meio das religiões, tem conseguido cegar o entendimento de muitos, dizendo: “Todos os caminhos nos levam a Roma”, portanto todas as religiões nos levam a Deus. Todavia, o Senhor, em sua Palavra, nos diz: Jesus Cristo, o meu filho não é um dos meios pelo qual os homens possam ser salvos, Ele é o verdadeiro e único caminho para a Salvação.

 

“Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.

Porque Deus enviou o seu Filho ao mundo não para que condenasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele.

Quem crê nele não é condenado; mas quem não crê já está condenado, porquanto não crê no nome do unigênito Filho de Deus.”

João 3 . 16 ao 18

 

A religião é o caminho em que muitos se encontram e somente através de um encontro com Jesus, face à face, poderão mudar de direção, como Saulo naquele episódio, quando a caminho de Damasco, em sua perseguição aos cristãos, teve um encontro com Àquele que não somente transformaria a sua vida por completo, mas também o faria abandonar inteiramente à sua vida religiosa, transformando-se em um grande instrumento para Deus.

Saulo era um homem culto, conhecedor das Escrituras, mas como os religiosos da época, não conhecia Quem as escreveu. O seu conhecimento estava baseado apenas naquilo que estava escrito e não em experiências obtidas por um relacionamento íntimo com o seu próprio Deus. Por esta razão não compreendera o que de fato estava escrito acerca de Jesus e se tornara um perseguidor implacável daqueles cristãos que o seguiam. Saulo, acreditanto estar servindo a Deus, através de sua vida religiosa, não percebia o que estava fazendo: a sua Religião perseguia o que era genuíno e verdadeiro, a própria Presença de Deus. A sua perseguição, na verdade, não era contra aqueles cristãos, e sim contra o que neles estava, a Presença de Jesus Cristo.

Conhecer a Deus é muito mais do que simplesmente saber a seu respeito. Quantas pessoas famosas nós conhecemos? Sabemos quase tudo sobre elas: os seus pratos preferidos, as suas músicas e hobbys prediletos, mas não sabemos na verdade se são pessoas felizes, ou o que escondem por trás de suas aparentes vidas. A verdade, é que na maioria da vezes nunca nem sequer fomos apresentados para elas… Não conhecemos os seus corações e o que de fato estão sentindo… O que eu estou querendo dizer é que não podemos declarar que conhecemos alguém de verdade, se não tivermos intimidade com esta pessoa. Da mesma forma, não poderemos jamais afimar que conhecemos a Deus, se não nos preocuparmos em estabelecermos com Ele um relacionamento mais profundo.

 

A religião torna aparente o nosso relacionamento com Deus, fazendo-nos acreditar que através de comportamentos, ou simples rituais, estaremos obtendo mais intimidade, ou melhor, a sua própria Presença.

       

  Saulo detinha o conhecimento, mas não possuía o principal a Presença de Deus. Somente a obtenção do conhecimento da Palavra de Deus não será o suficiente para que a sua Presença esteja em nós. Ora, não eram os fariseus os Doutores da Lei? Não eram os escribas os maiores conhecedores de toda a Letra? Todavia, não foram os mesmos que perseguiram com julgamentos e condenaram a Jesus? E quanto a Satanás, não foi este destituído de toda a glória de Deus, apesar de ser o maior conhecedor de Sua Palavra?

Não quero que os meus caros leitores compreendam errado o que está sendo dito: É claro que você precisa do conhecimento da Palavra de Deus, mas entenda que é necessário também buscar a sua Presença, que nos é transmitida pelo seu Espírito. Somente o Espírito Santo pode nos revelar a Palavra escrita. Isto explica porque Saulo, juntamente com todos os religiosos da época, não compreenderam de fato as Escrituras, julgando e perseguindo aqueles que o possuiam.

A Religião sempre perseguirá a Presença de Deus, tentando explicá-la e moldá-la, criando conceitos ou formas incapazes de explicar a sua manifestação, aonde quer que ela ocorra. Por fim, conhecer a Palavra sem conhecer o Deus da Palavra nos tornará religiosos e impossibilitados de compreendê-lo. Saulo aparentemente conhecia a Deus, a sua cegueira espiritual não permitia enxergar quem Deus era. Na multidão de seus ídolos estava a própria Palavra de Deus e não o Deus da palavra.

 

O Encontro com a Presença

 

E, indo no caminho, aconteceu que, chegando perto de Damasco, subitamente o cercou um resplendor de luz no céu.

Atos 9 . 3

 

Saulo estava prestes a completar o seu objetivo, prender aqueles cristãos que ali estavam em Damasco, mas o que ele não esperava é que um encontro marcaria a sua vida para sempre. Aquele homem religioso se transformaria em um homem cheio da Presença de Deus. A sua religião daria lugar a Alguém que transformaria não somente o seu caráter, mas o conduziria a serví-lo até os últimos dias de sua vida. O encontro com Jesus Cristo estava marcado, uma mudança de direção começava a acontecer…

Em seu caminho para Damasco, Saulo foi cercado pela Presença de Deus, este encontro sobrepôs tudo aquilo que ele conhecia. A verdadeira intimidade de Deus começava a ser revelada na pessoa de Jesus Cristo e como fruto deste encontro com Ele, Saulo assumiria a sua nova identidade, na verdade a única que possuia, pois o que apenas aconteceu foi a sua descoberta de quem verdadeiramente ele era.

Da mesma forma, nós estavámos no passado, andando por caminhos tortuosos e quando menos esperávamos, fomos cercados pela Presença de Deus. Recebemos a revelação de quem verdadeiramente somos e porque fomos criados, isto acontece com todos aqueles que tem um Encontro com Deus.

É impossível que nada aconteça quando somos expostos a Sua Presença. Em Isaías…   

 

 Quando Jesus disse em João 15 . 16 – “Não me escolhestes vós a mim, mas eu vos escolhi a vós, e vos nomeei, para que vades e deis fruto” – não está sendo pregado uma escolha arbitrária de Jesus por alguns, na verdade estas palavras revelam apenas que éramos nós que estávamos perdidos e que primeiramente o seu amor nos encontrou. Estas palavras, portanto, serão verdade para todos aqueles que receberem este amor e  o escolherem como Senhor e  Salvador.

Sem Respostas to “A Salvação (Parte II) – Uma mensagem com o Pr. Wagner – A religião torna aparente o nosso relacionamento com Deus !!!”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: